Nesta terça-feira (28), terá início a dragagem do rio São Francisco, entre as cidades de Penedo (AL) e Neópolis (SE) e entre Pão de Açúcar (AL) e Niterói (SE). A intervenção tem como objetivo garantir a navegabilidade em pontos críticos do leito fluvial entre os Estados de Alagoas e Sergipe. 

Segundo o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, serão retirados 800 mil m³ de fragmentos do trecho hidroviário, com previsão de investimentos de R$ 9 milhões. As obras serão coordenadas pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

A medida é necessária, pois a água do rio tem baixado com rapidez. Conforme dados do Ministério, somente entre 26 de julho e 1º de agosto, a redução do nível chegou a 1,5 metro ao longo dos trechos que serão dragados. O problema é consequência da estiagem e da diminuição da vazão das barragens de Xingó e de Sobradinho. 

A estimativa é que serão removidos cerca de 506 mil m³ de sedimentos em Penedo, e 285 mil m³ em Pão de Açúcar. 

Com informações do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

CNT - Confederação Nacional do Transporte

SAUS Q.1 - Bloco J - Entradas 10 e 20
Ed. Clésio Andrade - CEP: 70070-944 - Brasília - DF
Fale Conosco: (61) 2196 5700

© 2019 - Confederação Nacional do Transporte