Investir em tecnologia para acelerar processos, diminuir custos e trazer produtividade. Esse é o tripé no qual o porto de Suape (PE) aposta ao fazer uma parceria com uma startup para acelerar seus processos, a pernambucana Fábrica de Negócio, especializada em analytics. 

A empresa desenvolverá algoritmos de inteligência artificial para análise e cruzamentos de grandes volumes de dados, como do Porto sem Papel, do sistema de movimentação de cargas da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) e do sistema contábil-financeiro e de operações portuárias.

O presidente do porto, Leonardo Cerquinho, fala que a parceria acelerará processos e reduzirá o tempo gasto em algumas atividades. “É preciso passar uma série de dados mensalmente para a Antaq, principalmente do Porto sem Papel. Hoje, esse é um processo manual, que leva cerca de quatro dias. Com a parceria, a startup fará o levantamento dessas informações e compilará os dados, enviando-os de uma forma mais rápida”. Cerquinho cita, além disso, que será mais fácil fazer o cruzamento de dados do porto para gerar análises e, a partir delas, adotar medidas que culminem em ganhos operacionais e mais produtividade.

A implementação da solução deve iniciar ainda neste mês. Os dados serão verificados por especialistas e cientistas de dados da startup e transformados em painéis de gestão que ficarão à disposição dos gestores. Esses painéis concentrarão, em um único lugar, todas as informações úteis para a tomada de decisão. 


CNT - Confederação Nacional do Transporte

SAUS Q.1 - Bloco J - Entradas 10 e 20
Ed. Clésio Andrade - CEP: 70070-944 - Brasília - DF
Fale Conosco: 0800 728 2891

© 2019 - Confederação Nacional do Transporte