OIE - Organização Internacional de Empregadores

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) divide com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) a representação do Brasil junto à OIE (Organização Internacional de Empregadores), porta-voz do setor privado de todo o mundo na OIT (Organização Internacional do Trabalho). 

Em 2015, na 104ª Conferência Internacional do Trabalho, o presidente da Confederação Nacional do Transporte, Clésio Andrade, chefiou a delegação do Grupo de Empregadores do Brasil. Na ocasião fez um discurso, no qual falou sobre a necessidade de se reformar a legislação trabalhista brasileira de modo a adequá-la às novas relações de trabalho da sociedade contemporânea.


A OIE é a maior rede do setor privado do mundo, com mais de 150 membros. No debate sobre políticas sociais e trabalhistas realizadas no âmbito da OIT, nas Nações Unidas, no G20 (grupo formado por ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias mundiais, mais União Europeia) e em outras esferas, a OIE é a voz reconhecida de empresas e organizações patronais.