Notícias

08/11/2017
NTU lança livro comemorativo de 30 anos da instituição

Publicação conta a história do ônibus urbano no Brasil e traz as conquistas do setor de transporte público

Foto: NTU/DIVULGAÇÃO

José Roberto Generoso, secretário Nacional de Mobilidade Urbana; Eurico Galhardi e Otávio Cunha, da NTU (da esq. para a dir.)
José Roberto Generoso, secretário Nacional de Mobilidade Urbana; Eurico Galhardi e Otávio Cunha, da NTU (da esq. para a dir.)
​Em comemoração aos seus 30 anos de atuação, a NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) lançou nesta quarta-feira (8/11), em Brasília (DF), um livro comemorativo. A publicação traz histórias e conquistas do setor de transporte público no Brasil, registra as mudanças ocorridas no período e o desenvolvimento do segmento responsável pelos deslocamentos de 86,3% dos passageiros do transporte coletivo no país.

De acordo com o presidente do Conselho Diretor da NTU, Eurico Galhardi, a publicação tem por objetivo servir como instrumento de pesquisa sobre a evolução do transporte urbano no Brasil. “Trinta anos não são 30 dias, nem 30 horas. Temos aqui uma vida contada. Tivemos produtos semelhantes nos 10 e nos 20 anos da instituição. Porém, essa publicação se diferencia das demais por não estar focada apenas na descrição de fatos históricos que marcaram o setor, mas em uma narrativa dos eventos e realizações desses últimos 30 anos.”

Para o presidente executivo da NTU, Otávio Cunha, uma das maiores vitórias da instituição nessas três décadas é a credibilidade alcançada por meio da atuação em favor da melhoria do transporte público urbano brasileiro. “Nesses 30 anos, temos alguns marcos importantes, como é o caso do Vale-transporte, a meu ver a maior conquista social do trabalhador brasileiro, depois da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). O nosso primeiro presidente, Clésio Andrade, hoje à frente da CNT, foi o grande condutor desse trabalho que tornou o Vale-transporte uma realidade no país.” O benefício passou a ser obrigatório em 1987 e atualmente beneficia 35% dos usuários do transporte público urbano.

Cunha ainda citou a Lei de Concessões, que trouxe segurança jurídica para os contratos e consequentemente mais qualidade para os serviços oferecidos. Hoje, 87% das cidades que têm serviços de transporte público urbano já dispõem de processos licitatórios para a contratação das empresas.

Na cerimônia de lançamento do livro, o presidente da NTU também destacou os desafios dos transportadores urbanos para os próximos anos. “Estamos enfrentando uma crise sem precedentes no Brasil, e o setor de transporte, assim como todos os setores da economia, foi muito afetado. Tivemos uma perda de demanda de quase 50% nos últimos 22 anos e agora o setor precisa se reposicionar com inovação e criatividade. Precisamos rever a nossa postura enquanto iniciativa privada. A exemplo do que é feito em outros países, temos um papel fundamental junto ao poder público na definição de estratégias que possibilitem a prestação de um serviço mais eficiente.”

O conteúdo digital do livro está disponível no site da NTU.


Com informações da NTU






Livia Cerezoli
Agência CNT de Notícias